sexta-feira, 26 de outubro de 2012

Democracia ou teocracia?


Pr. Eder Balieiro, conferencista, articulista, escritor, tem um ministério marcado pela presença do Espírito Santo, amigo e parceiro do Ministério Tempo de Restauração.

As decisões da Igreja e o Espírito Santo

Eu fui pastor em Brasília-DF, e acho que por causa do ambiente que respira política muitas congregações sofrem com o fato de os seus membros acharem que têm poder de decidir negócios ministeriais. É preciso entender que o modelo de governo da igreja não é democrático, socialista, comunista ou monárquico. Existem pessoas que confundem muito o sistema de governo da igreja do Senhor Jesus. O governo da igreja é Teocrático; isto significa que Deus, o Espírito Santo é que governa a igreja na terra. Para entender esse governo é preciso reportar-se às escrituras e, observar como a igreja primitiva tratava os negócios espirituais. sociológicos e doutrinários:

Na verdade pareceu bem ao Espírito Santo e a nós, não vos impor mais encargo algum, senão estas coisas necessárias:
Atos 15:28

É importante observar que Tiago fez tais colocações: ...pareceu bem ao Espírito Santo e a nós...

Primeiro eles consultaram o que Deus, o Espírito Santo pensava sobre o assunto e eles concordaram com o que o gestor (Espírito Santo) da igreja do Senhor Jesus havia decidido. Se o governo de uma determinada congregação ou campo ministerial for qualquer tipo de governo menos teocrático está fadado a destruição.

“Pastores carnais geram ovelhas carnais”

Infelizmente as igrejas estão repletas de homens corruptos de entendimento e privados da verdade, cuidando que a obra de Deus seja fonte de lucro, (Tm 6) tais homens querem dominar carnalmente a Igreja para obter vantagens materiais negando o conselho do Senhor que diz: "Nem como tendo domínio sobre a herança de Deus, mas servindo de exemplo ao rebanho." (I Pedro 5 : 3) Quando o pastor domina pelo Espírito do Senhor, prevalece a teocracia, porque Deus dá a direção certa e se responsabiliza. 

Quando o pastor domina pela carne a resposta do rebanho são represálias carnais a domínios carnais. “Pastores carnais geram ovelhas carnais”, a ovelha aprende aquilo que lhe é ensinado, porque a ovelha é imitadora do seu pastor. (Tito 2 : 7,8)

Por isso que Paulo fala “"Em tudo te dá por exemplo de boas obras; na doutrina mostra incorrupção, gravidade, sinceridade, Linguagem sã e irrepreensível, para que o adversário se envergonhe, não tendo nenhum mal que dizer de nós." 

“Porque a graça de Deus se há manifestado, trazendo salvação a todos os homens, Ensinando-nos que, renunciando à impiedade e às concupiscências mundanas, vivamos neste presente século sóbria, e justa, e piamente, Aguardando a bem-aventurada esperança e o aparecimento da glória do grande Deus e nosso Salvador Jesus Cristo; O qual se deu a si mesmo por nós para nos remir de toda a iniquidade  e purificar para si um povo seu especial, zeloso de boas obras. Fala disto, e exorta e repreende com toda a autoridade. Ninguém te despreze.” (Tito 2 : 11,15)

Quando pastor domina pela teocracia (governo do Espírito Santo) os liderados respeitam pelo Espírito santo a unção do seu líder, embora sempre surja uma minoria recalcitrante que é mister que isso aconteça, mas prevalecerá o domínio do Espírito de Deus. 
Que Deus, o Espírito Santo abençoe o governo de sua igreja!

Reações:

0 postagens:

Postar um comentário

Deixe registrado aqui seu comentário!