sábado, 27 de abril de 2013

E ACABANDO A ÁGUA DO ODRE...


Naquela noite parecia que tudo conspirava contra Agar e seu filho Ismael, após Sara perceber que Ismael zombava de Isaque, disse a Abraão: Deita fora esta escrava e o seu filho, pois o filho desta escrava não herdará com o meu filho Isaque. Pareceu isso muito penoso aos olhos de Abraão, por causa de seu filho. (Gênesis 21:9-21). Porém Deus conforta o coração de Abraão dizendo: “Não parece isso mal por causa do moço e por causa da tua serva”. Então Abraão se levanta de madrugada pega pão e um odre de água e pondo sobre os seus ombros e também o menino a despede. E partiu Hagar andando errante pelo deserto de Berseba. Certamente no meio desta confusão toda ela deva ter se esquecido da promessa que Deus havia lhe feito logo depois do nascimento de Ismael, Gênesis 16:08-12, promessa essa que serviu de consolo na dura decisão que Abraão teve que tomar para despedir Hagar e Ismael. Talvez Abraão quisesse entender de uma forma “LÓGICA” como poderia eu contribuir para o plano de Deus, tendo que expulsar o meu filho e a sua mãe de madrugada, sem saber para onde irão e como passarão a noite, realmente Deus trabalha na contramão do sentido natural. Depois de ter caminhado por um período e consumido a água do odre, Hagar coloca seu filho Ismael debaixo de um arbusto, e fica de longe observando, pois pensava consigo: “Que eu não veja o menino morrer!”. E ouviu Deus a voz do menino, e Deus lhe diz que tens Hagar? Não temas, Deus ouviu a voz do rapaz desde o lugar onde está, ergue-te levanta o rapaz e toma-o pela mão, pois dele farei uma grande nação. Então Deus abriu-lhe os olhos e ela viu um poço e foi encher de água o odre e deu de beber ao rapaz. Caro leitor (a), talvez você esteja numa situação semelhante, buscando uma linha “LÓGICA”, para tudo que tem acontecido em sua vida, família e negócios, porém eu quero lhe dizer que aquele que tem conduzido os seus passos é soberano e muitas das vezes, não conseguimos compreender como algo que é inicialmente confuso, penoso, pode nos proporcionar uma condição jamais vivenciada no que diz respeito a bonança em nossas vidas. Deus tem operado maravilhosamente no cenário da incompreensibilidade humana para proporcionar aos seus filhos uma experiência exclusiva.  José saiu do calabouço para o trono de governador do Egito, Daniel saiu da cova dos leões para prosperar no reinado de Dário e Ciro, o persa, Davi deixou de ser o menor da casa de seu pai para ganhar um trono ás custas de um gigante filisteu. Ei você aí, o que hoje te aflige? Você está preparado para receber o melhor de Deus na sua vida? Você já teve alguma experiência que lhe foi a princípio difícil, mas que lhe trouxe uma grande vitória?
Deus continue lhe abençoando abundantemente.
Pr. Peter Feguetti.
Tempo de Restauração.

Reações:

4 comentários:

  1. Boa reflexão! Que Deus o use mais e mais, prezado pr. Peter!!!
    Abraços fraternos!!!

    ResponderExcluir
  2. Obrigado pelo carinho irmão Marcos, Deus lhe abençoe abundantemente! Um grande abraço, Pr. Peter F.

    ResponderExcluir
  3. A minha mãe costumava dizer que Deus escreve certo por linhas tortas, mais nosso destino traçado por Deus faz com que aprendemos tudo que ELE deixou escrito, só devemos focar os nossos pensamentos em tudo deixado por ELE e seguir conforme o que Deus nos tem ensinado, tudo depende de cada pessoa e de cada coisa que façamos.

    ResponderExcluir
  4. Verdade irmã Guiomar! A cada dia vamos aprendendo a cada vez mais ser dependente de Deus e acreditar nas suas promessas. Deus continue lhe abençoando, um grande abraço, Pr. Peter F.

    ResponderExcluir

Deixe registrado aqui seu comentário!