domingo, 15 de setembro de 2013

VENCENDO A ANSIEDADE


Não Andeis ansiosos – Mateus 6.25-34
Como viver sem se preocupar com a manutenção da vida?
Como viver ou praticar este mandamento, nós que vivemos num país de tantas incertezas econômicas, com salários achatados e desconfiança política?
I – ENTENDENDO A ANSIEDADE.
“Não andeis ansiosos” Ansiosos vêm do termo grego que significa “DISTRAIR” fica subentendido a ideia de duplicidade. A ideia em que a mente procura duas direções ao mesmo tempo.
O homem que quer ter um tesouro nos céus (Vs. 20) e que quiser servir s Deus e não as propriedades (Vs. 24) deve se desvencilhar da ansiedade.
II – RAZÕES PARA VENCER A ANSIEDADE.
No texto Jesus apresenta oito razões pelas quais devemos vencer a ansiedade.
a)      VIDA DO HOMEM.
(Vs.25) – O homem é mais do que um corpo, a personalidade humana merece mais consideração do que a simples satisfação dos desejos físicos (MT 12.12).

b)      CUIDADO DE DEUS.
(Vs. 26) – Deus valoriza o ser humano.

c)       INUTILIDADE DA ANSIEDADE.
(Vs.27) – Jesus mostra que a ansiedade não altera as condições.

d)      ANALOGIA DAS FLORES.
(Vs. 28-30) – Jesus chama a atenção para observarmos e mostra que através das coisas simples está o fulgor de sua glória e nos motiva a ter fé.

e)      ANSIEDADE E INFIDELIDADE.
(Vs. 32) A ansiedade pelas coisas físicas faz parte da conduta dos gentios e é característica dos infiéis, os discípulos do reino devem ter uma atitude diferente.

f)       ANSIEDADE DESNECESSÁRIA.
(Vs. 32) Deus conhece todas as coisas e garante o melhor para os seus filhos.

g)      O SEGREDO DO SUPRIMENTO.
(Vs. 33) A busca do reino de Deus e sua justiça garantem por si mesmo o recebimento das coisas menos importantes. (Necessidades físicas).

h)      ANSIEDADE O AUMENTO DO SOFRIMENTO.
(Vs. 34) A ansiedade é inútil só acrescenta maior dose de sofrimento é loucura sofrer o mal futuro.
PROVIDÊNCIA DIVINA

(AT 17.28 / SL 57.02 / SL 34.10).

Reações:

0 postagens:

Postar um comentário

Deixe registrado aqui seu comentário!